SER MÃE !

Ser mãe vi nascer em mim
Uma canção de amor
Busquei acordes em liras
Escuto bandolins
Ao mundo a alegria.

É o presente divino
O orvalho que alimenta
Fortalece a relação de afetos
Infinitos traz o lirismo
A força a coragem e a semente.

Eis o milagre
A orquídea a margarida ou a rosa
Elas vem belas
Como a natureza quer
A brisa acaricia.

Ali...ela...enfrenta
Agüenta chora faz versos.
São as flores da vida
Alguém mais?
Sendo ela o condutor de seu destino.

O desafio maior de toda mulher
mansamente carrega o fio
agora impossível fugir
Eterniza com o piscar de olhos
Seu sentimento que é tão universal.

IáraPacini
 
 
 
 


 
 

 

VOLTAR