Queria muita poesia

Para invadir de ternura

Teu mundo de espinhos e flores

Teu amor sinaliza a vida

Fazes da família um tesouro

E quando pronuncias meu nome

Sussurrando cada sílaba

Parece que mastigas ouro

 

Teu colo é cama macia

Feito de feno e de paina

E das vozes que me habitam

A mais bela é a tua

Teu olhar perscrutador

Seja noite ou seja dia

Acalma o lobo

Que espreita tua cria

 

Esteio de tantos... e minha

Quando a água

Cobre-me as narinas

Subo no trapézio da vida

Mergulho em teus braços

Minha mãezinha querida!

 

 

Midi: Mãe

 


Direitos autorais registrados®

 

Página melhor visualizada com Internet Explorer 4.0 ou superior - 1024x768
Copyright© Coração Bazar - Todos os direitos reservados -
Política de Privacidade

 

 

VOLTAR